sábado, 17 de maio de 2014

Ajudem o Mozart Fiscalizar os instrumentos que estão no CLM

Boas pessoal, demoro para vir, mas estou sempre observando as ações da prefeitura, atitudes, negativas, e elogios da gestão na cultura... critico sim e elogio sim quando há o que elogiar e não são poucos os elogios.
Parabenizo o Exmo Sr  Neto de Oliveira(secretário da Cultura), que sem o seu adjunto(que não fazia nada) está conseguindo cumprir as agendas da prefeitura(OPs e APPs) e com os cidadãos...
Pontos negativos são sempre maiores, por isso mais reclamações do que elogios e o pior, sem sugestões.
Quero que gravem bem o nome do adjunto da Secretaria da Cultura, para não votar nele em hipótese alguma, pois atrasou processos recentes.
Me disseram , por fonte muito confiável e não é ninguém que trabalha no prédio da Secretaria da Cultura, que a Mirca é confiável e muito competente, porém não foi o que eu observei ao dar rejeição ao meu pedido formal de visitar os instrumentos que estão no Centro Livre de Musica ou melhor, Teatro Martins Pena, pois CLM foi um dia, em 2010 e não retomou seu status.
Mas o que um cidadão quer ao visitar os instrumentos no Teatro Martins Pena? O CIDADÃO FISCALIZA MINHA CARA MIRCA, NÃO ME IMPEÇA DE FISCALIZAR O QUE EU QUERO.
Ah temos os músicos da Banda Sinfônica Municipal que fazem e a vistoria ocasional, diz Mirca que é Diretora de Cultura... mas todos sabem, não é a mesma coisa, pois eles fazem parte do prédio que é patrimônio e não ousariam ir contra a Secretaria, por questões de ética e atos, ações devem ser fiscalizados pelo cidadão comum, para que não haja pessoas desempregadas por falarem a verdade e, se ali está tudo bem, por que não abre as portas para um cidadão? Alí tem!!!!!
Nem os Conselheiros, Delegados podem  ser por nós, por estas questões de ética...

Aureni de Andrade Faggi, faleceu em 2009 e sendo diretora, professora sempre fez das linguagens artisticas o maior bem que um cidadão pode ter

Bloco Aquarela, meados de 1983 ou 84 na Avenida Kennedy- SBC

Logo  em breve, crianças não saberão cantar o Hino Brasileiro, só se acompanhados pelo DJ(acho que isso já é real e a culpa está no "NÃO TEMOS CULTURA NA ESCOLA" a Argentina não sabe, oooooooooo, lalalalala, ooooooo

Fica avisado que que será enviado o tal do Oficio para ver os instrumentos. Eu preciso de permissão para ver os instrumentos que meus amigos, eu, crianças em aprendizagem usaram e fizemos a cidade que a Weril deu o nome de Cidade das Bandas.... piada hoje! 
Como nesta reunião foi chamada a Secretaria da Educação, para conversar a respeito do Mais Cultura na Escola e ela não foi, ficou o dito dura da Diretoria da Cultura, que eles não tem nada a ver com isso, que o problema é da Secretaria da Educação, eles quem planejam e diz a diretoria da cultura, eles tem mais o que fazer! Ou seja, a cultura não tem prioridade alguma e os pais aplaudem enquanto os filhos deles estão em meio a drogas, sons de pancadãos, fuck, e no meio facebook e celular watzap combinando o próximo encontro de muvuca.
Pais, a cultura tem pouca grana e ela é emprestada para a educação, segurança, habitação e até esportes, contando que a cultura faça parte da educação, do esporte, da saúde, da habitação, da segurança em fim, a cultura é a unica que pode ter todo essa informação, passando de forma simples didática todas as informações...Enquanto a Educação recebe mais de 35%, a Cultura recebe 1% e esses 1% são divididos para a Saúde, Educação, Segurança etc etc ... e se você acha que não, basta ir nas informações que seu filho tem, os trabalhos mais criativos e que são motivo de notas mais elevadas, usam muito de Linguagem Artística Cultural.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário