sábado, 4 de maio de 2013

Corporação São José, obrigado por tudo quando não se tem nada!


A Banda São José surgiu em 1955. Naquela época o cônego Lazaro Equini, com a finalidade de acabar com a monotonia que imperava na Vila Baeta Neves, aliou-se a um grupo de entusiastas e colaboradores , entre eles destacando-se os Srs Arsênio Barbosa Laerte Driusso, Vitório Pedron e o Maestro João Silvério da Silva(João Gomes), fundando a Corporação São José. A Banda da Paróquia começou a se apresentar um ano depois e segundo consta a alegria transpareceu em Vila Baeta Neves. A Banda foi crescendo e aperfeiçoando-se cada vez mais não vencendo devido ao esforço e abnegação  de seus músicos  e a competência , dedicação e boa vontade do maestro 1955 a 1961 exerceu ininterruptamente  a função de professor de música, sendo afastado por motivos de saúde.
A Corporação tem uma média de 34 elementos e possui um repertório de aproximadamente 150 músicas. Logo após a saída do Maestro João Gomes assumiu a direção da Banda Jovem o Maestro D’ Érrico, o qual iniciou seus estudos na própria corporação.
Ainda no sentido de estimular o aparecimento e desenvolvimento de novos músicos foi criada  em 1979 uma escola de música situada na sede da Banda. O tempo mostrou que a escola se transformou numa ótima alternativa que tem propiciado uma constante renovação e motivação dos músicos que ali participam.
Assim como as outras Bandas de São Bernardo do Campo a Corporação vem concentrando sua agenda de apresentações em comemorações cívicas, religiosas além de solenidades dentro e fora do Município. Segundo consta a Corporação já se apresentou em programas de rádio e televisão além dos principais coretos e praças de São Bernardo do Campo e arredores. Pelos serviços prestados à coletividade em geral a Banda foi declarada de utilidade pública pela Lei n° 2297 de 9 de novembro de 1977.

Banda São José.Obra de João Gomes, do cônego Lázaro Equini e de toda comunidade da Vila Baeta Neves

O Blog: Esta Banda merece todo o crédito, pois até hoje ela faz Solenidades Municipais assim que chamadas, no entanto, enquanto as outras morrem, por falta de verba, vontade política, algum Sistema Nacional destinado a Cultura que entra e outra que sai, ela continua forte.
Sim, esta Banda sobreviveu e digo, era muito difícil entrar para a corporação, eu mesmo tentei.Em 2011 eu a destaquei como vitoriosa, pois era a única banda musical de São Bernardo nos representando nas datas solenes e cívicas.     
Em 2012 pude observar o triste fato de que, já que a Banda Sinfônica Municipal de SBC estaria, previamente morta(pois com 10 elementos não daria quorum para um Hino Nacional Brasileiro, por exemplo)a Corporação Musical São José, fez as honras de estar tocando não só o Hino Nacional, mas o Hino de SBC e um vasto repertório.
Disse o Maestro emocionado no dia 20 de agosto de 2012, comemoração do aniversário de São Bernardo do Campo: Quando, o prefeito Luiz Marinho nos chamou e tivemos reconhecimento, chorei, pois tocaria como sempre toquei, mas conseguimos ao menos um agrado, coisa que nenhuma banda teve nas ultimas décadas... disse o Maestro, estou feliz...na verdade a Corporação passava por muitos problemas e essa chamada do Prefeito Luiz Marinho, uma chamada de mérito, deu confiança e auto-estima.
Fiquei de comparecer e falar com o Maestro, que até então estaria dando aulas para a Corporação Filarmônica Maestro Carlos Gomes, hoje eu não sei onde se encontram, mas a Corporação São José é Banda Viva e aqui Maestro, pode contar conosco ou entrem para o Fórum Aberto de Cultura e Artes, ou fale pelo email faggimozart@gmail.com ou siga no twitter  @mozartfaggi .
O Fórum Aberto de Cultura e Arte é um fórum destinado a pessoas que vivem pela cultura, trabalham pela cultura, vivem por cultura... entre em nosso grupo facebook 

Vamos ver como será em 2013, será que a Banda Sinfônica Municipal volta? Será que a Corporação São José irá tocar novamente? se tocar esperemos que não fique apenas no dia 20 de agosto e 7 de setembro!

Nenhum comentário:

Postar um comentário