domingo, 30 de junho de 2013

"O Centro Livre de Musica ainda Pulsa" plagiando "Arnaldo Antunes"



Assentos todos tomados, tinha gente de pé lá atrás
Completamente tomado...

O CLM ainda respira, e como diz Arnaldo Antunes” O Pulso Ainda Pulsa” ou em minhas palavras, “A Música Ainda Pulsa” “O CAJUV Ainda Pulsa” . Não tem as doenças da rima da letra de Arnaldo Antunes, mas matam  da mesma forma.
Eu já fui em vários espetáculos no Teatro Martins Pena, mas este foi sem dúvida o maior publico que já vi em 1 década.
Violeiros, mais de 15 acordeons, sendo que , 5 eram fornecidos pela prefeitura(a únca que fornece acordeons) e desde que conheço a Aline, a professora de acordeon, que começou a dar aulas com o seu avô no Elis Regina sempre tinha um número de instrumentos de 5, passou disso, inscrições encerradas. Agora pessoas e mais pessoas vem aprender com o seu acordeon, o que fica até sobrando acordeons( os que a prefeitura deixou no Elis, primeiramente e depois foi para o CLM)

O palco se enche  com por volta de 20 violões, e eles tocam diversas musicas, até para aqueles que gostam de “Romeu e Julieta” a musica Greensleeves , composta entre 1491 e 1547 por um rei Inglês Henrique VIII à sua amada. Os violões também fizeram bonito com outras músicas. 


A técnica vocal  deu um show a parte, pois até o acompanhamento de baixo eletrônico e violão, havia um saxofonista e um percussionista. Dividiram então os naipes, tipo, dois solos e 3 back vocal  ou naipes só de homens, ou só de mulheres. No repertório, Djavan, MP4, Quateto em Cy, Tom Jobim etc...

A mesma professora de Técnica Vocal deu aulas de flautas doces para crianças(sempre devo lembrar que flauta doce é um instrumento barato, porém, não é um instrumento infantil, por isso não discriminise, é um instrumento super difícil de se tocar. Hoje temos instrumentos com algumas facilidades, este porém, poderá ser o início para uma boa convivência musical.
As Crianças, cerca de 8 não contaram com a falta de alguns dos colegas que avisaram que não poderiam comparecer, porém, para minha surpresa, além de tocar a flauta doce fielmente e afinadamente, cantaram algumas músicas... me impressionei com A Rã , que foi cantada e comentei ao lado, “Incrível como as crianças não desafinam”.

Para constar, apenas os vigias e coordenadores do CLM estavam por ali, o Secretário da Cultura não esteve. O encerramento das oficinas deste semestre(que é um trimestre) é pouco para que um professor passe seu trabalho e uma aluna da Técnica Vocal, elogiou a professora e disse: Agradecemos a Professora, pois em pouco tempo juntos, 1 vez por semana, ela conseguiu fazer milagres conosco (e eu digo, sim, ela fez)
Não sei se os coordenadores do CLM viram como eu, pois este blog só escreve o que vivencia.
Vocês que terminaram esta etapa, nestes 3 meses de aulas, querem continuar em um nível mais avançado ou, querem retornar para o mesmo nível?

Lembro que São Bernardo não quer formar profissionais da música, por isso ela não vai a frente, ficando apenas no básico 1 sem ter outro básico 2 ou 3 e quem sabe para aqueles que tem realmente um talento fantástico, onde o professor diz, vá procurar outro lugar, pois aqui já deu tudo para você, diz também que ele tem talento e até procura os pais para conversar sobre o assunto...
Bom, o que sabemos, o blog e o Fórum Aberto de Cultura e Artes mais o Cultura ABCD é que o Centro Livre de Música voltará, não com a mesma força de outrora , e isso para o semestre que vem(que tenho que lembrar, é um trimestre)mas ele virá com mais cursos sem ônus.
Tenho poucas fotos, mas aguardo outras fotos de uma fotógrafa mirim ( a fotografia é uma arte também e essa menina estava com uma maquina fotográfica de respeito na mão) que disse que iria me mandar(vamos ver)  

QUANTAS PESSOAS CABEM NO TEATRO MARTINS PENA?

Nenhum comentário:

Postar um comentário