sábado, 13 de abril de 2013

Na Câmara Municipal de São Bernardo do Campo para debate do SNC


Neto de Oliveira e o grupo FACA

Nos reunimos no dia 11 de abril de 2013, na câmara dos vereadores, no Auditórium com dezenas de personalidades da cultura Sambernadense, dentre outras cidades irmãs e vizinhas na causa para discutir o Sistema Nacional de Cultura, pois para se conseguir algo que venha de recursos Nacional de Cultura, devemos saber como e, o que podemos fazer para 100% do almejado seja executado.
Demandas sobre cultura é que na faltam, uma delas é ter espaços garantidos, pois viver de artes, seja lá qual for, é preciso uma sensibilização do próprio poder público em dar espaços, o que infelizmente cai no esquecimento.
O povo carece de artes, música e cultura e os artistas vão a rua para que o povo não esqueça que aquilo é um trabalho árduo, de dias, mêses trabalhando, para serem executados em 1h ou no caso de música, um profissional trabalha dias ou até meses em uma faixa de música que será executada em 3 minutos....
Ser um artista ,de vez em sempre, é considerado como um hobbie, uma coisa de um desajeitado, mas esquecem que, de quem tem a cultura não cai nas artimanhas dos buracos das drogas... uma coisa que se percebeu em poucos anos é que, Cultura é educação e educação vem de casa, ou estou errado? Hobbie ou lazer e considerado uma coisa não profissional, este é um movimento cultural que não visa o salário, entretanto, não sobrevive sem o mínimo decente ao menos um espaço, coisa que só ficam com grandes(que não são tão grandes)shows.
Na reunião de ontem, dia 11 de abril de 2013, ao invés de discutir o Sistema Nacional de Cultura, que sabemos ser extenso, foram colocados propostas ou algumas falas sobre o que acontece em nossa cidade e, que por ventura, em outras cidades vizinhas também tem o mesmo problema.
Por incrível que pareça , este blog não disse um “A” sobre música, sobre os equipamentos que acho tão essenciais e, no entanto, estamos perdendo, em um dos exemplos, o Centro Livre de Música (CLM). Mas no final da reunião, o Secretário da Cultura Neto, disse querer conversar com os músicos da cidade! Será uma ótima notícia? Este blog, mais o Ditinho da Congada esperemos que sim e os diversos músicos, grupos musicais e incentivadores esperam ser ótimos, excelentes. Nada mais que um passo aos direitos de cidadania e tudo que não vá além da Constituição.
Ditinho da Congada

Maestro Antônio, ex regente da Orquestra Sinfônica de SCS, ex regente da Big Band da FASCS e muito conhecido por músicos do RJ, foi o que eu pude perceber no Show da Maria Rita em 2009 ou 2010 , crê-se e alguns muitos bons músicos do ABC, foi um dos professores e vendo que sendo Maestro, Compositor, Arranjador não estava vendo retorno, um certo descaso político... Ele, o Maestro Antônio , é uma das poucas pessoas que conhecem na pele o descaso político e pode, mesmo arrogante, representar-nos, porém, o povo quer dinheiro e se esquecem da música “Comida” dos Titãns.
Em resumo foi dito sobre “Quem Somos?” que entre os artistas(digo isso para quaisquer categorias,pois das 11 artes podem ser subdividido em vários) ficou uma colocação do Ditinho...” Tem quatro personagens na questão da cultura:  Tem aquele trabalha com a cultura, tem aquele que trabalha na cultura, tem aquele que vive da cultura e tem aquele que faz gracinha, então, precisamos saber, quem somos nós?” fecha  Ditinho da Congada.

Você artista que lê o blog, é que tipo de personagem?

 Gostou? deixe o seu comentário... garanto que não será em vão!

Um comentário: