quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

As Curvas nunca mais serão as mesmas


Infelizmente Oscar Niemayer Faleceu aos 104 anos, por insuficiência respiratótia.
Oscar Niemayer, foi um dos maiores arquitetos do nosso século, visionou meio ao serrado nordestino nossa capital, a capital do Brasil.
Suas curvas e retas, as vezes esculturais e indo contra as leis da gravidade, é o que chamavam mais atenção. Um mundo sem cantos, onde tudo começa e termina ou se dá início. Penso eu que, Niemeyer ia contra os pensamentos retrógrados das velhas histórias na navegação, onde se passasse por um determinado local,nos oceanos, poderia cair em um abismo... Que abismo, disse Niemeyer? Irei fazer de uma forma onde tudo pode voltar, um círculo, oval , cantos tem sua beleza, mas machucam.
Tive a honra de conhecer Brasília, defendendo São Bernardo do Campo em uma exibição musical de bandas e fanfarras em 1983 e não há palavras para dizer o quão era deslumbrante o local, o piso reluzia , um espelho de certa forma, o teto sempre sem cantos, esta viagem trago na minha memória como uma das mais belas que já vi. 

104 anos não é para todos.
Meu companheiro, que está mais para avô meu, quantas belezas deixaste, quantas formas...
Pois é companheiros, Niemeyer foi um dos artistas que estava contra o José Serra e muito a favor de Haddad...
Gostaria de ter 1 milésimo de porcentagem da inteligência astuta do Brasileiro Oscar Niemeyer
Vá em paz amigo... em paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário