domingo, 4 de novembro de 2012

Artistas das Sete Cidades em Prol da Cultura


Em São Bernardo do Campo já está se reunindo um grupo de pessoas interessadas em manter o que está bom, melhorar o que está ruim, incluir o que não existe, sabe lá por que razão.
Verdade seja dita, São Bernardo sempre toma a frente quando trata de algo para ficar melhor. Talvez o sindicalismo fora uma das saídas para bater de frente com poderosos.
A Secretaria da Cultura tem como meta, obviamente, cuidar da Cultura e esta é bem fragmentada...
Definimos como Artes, Música e Cultura tudo aquilo que envolve o palco, a criação, o aprendizado... aquilo que é hoje o teu entretenimento, lazer a forma de se expressar, de improvisar, aprender e etc ...
Não podemos dar mais prioridade à música, sendo que há o teatro, artes plásticas, desenho, fotografia, dança, circense dentre outros tantos. E por não conhecer todos, pois sou um mero músico que conhece a música desta cidade desde 1977, é que eu acho necessário que todos os artistas se reunirem antes que venha o 2° Encontro Municipal de Cultura.
No 1° Encontro, estávamos desorganizados, só pensávamos em criar a Secretaria da Cultura, que não foi tão fácil. Queríamos saber o porque que bandas mirins e jovens foram aniquiladas, mas do mais, só ficou nisso.
Nós os verdadeiros responsáveis por mostrar o bom empenho na Cultura(abrangendo à todas) não tínhamos uma diretriz, portanto a gestão poderia fazer o que quisesse, dentro do cronograma por ela determinada.
Pretende-se levar ao menos algo mais que simples questões, que não devem ter data e nem hora, para um cronograma viável e que saibamos. Temas como "Queremos mais verbas para a Cultura" por exemplo, eu perguntaria, quanto?
Não esqueçamos que a Cultura em geral, haverá seu local na escola. Estávamos presos a apenas a Educação Artística, que nada mais é do que pintar, desenhar.... hoje esta palavra ou esta matéria já muda, pois depois de ficar anos e anos pintando e desenhando, hoje poderá ter música, teatro, dança, artes plásticas, e daí vai....
Muitos como eu, enxergou uma luz, e em 1977 quase sem ônibus, achou uma bandinha de musica infanto/juvenil... fui sortudo em fazer parte de uma banda que ficava 7km de minha casa, em um bairro conhecido na época como de maus elementos. Não tínhamos sede... mas tínhamos vontade... A minha Pedra Fundamental ergueu-se por lá e carregando um instrumento maior que eu mesmo.... você pode perguntar se valeu a pena? Eu digo com toda certeza..... valeu!
É isso que eu quero que os outros artistas me passem... a certeza de que vale a pena lutar...

Mozart Faggi

Nenhum comentário:

Postar um comentário