segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Finalizações de oficinas realizadas no CAJUV SBC


Você foi ao CAJUV SBC, conhece  CAJUV?
Sabe o que ele representa?


Não podemos dizer que o CAJUV  não é escencial , dia 13 finalizou os espetáculos dos alunos do CAJUV, pelo final das oficinas do semestre e do ano de 2013.
Cajuv(Coordenadoria de atenção à Juventude) não formará ninguém profissionalmente, este é o compromisso da Secretaria da Cultura, no entanto de lá saem talentos que já são conhecidas internacionalmente, como por exemplo no Cirque de Solei, temos 4 alunos que já foram do Cajuv.
Fico imaginando a pessoa que trabalhou a vida inteira e não conseguiu em sua terceira idade, a guiar uma bike. Da mesma forma vejo aqueles que adorariam tocar um violão, um pandeiro, mas nem vão atrás em suas horas vagas... trabalham, trabalham pelo carimbo em uma carteira e no final de suas vidas não se permitiram e nem permitiram que outros tivessem acesso a cultura.
Não estou sendo contra ao carimbo na carteira ou de trabalhar, mas de se viver.
O CAJUV mostra ser o grande aliado para a restauração, reconquista, resgate da nossa cultura. Lá não só se formaram circeses, malabares e trapézios... musica foi um deles e teve o encerramento em alto estilo, tivemos produções com dança, corais de verdade.... tivemos melhoeres produções do que o ano passado e a familia de talentos CAJUV vai aumentando.
menos da metade da familia CAJUV
Todos nós temos talentos artisticos ou não, alguns administram uma empresa, outros jogam bola, alguns tem o dom do ilusionsmo, outros tocam, outros fazem piruetas no ar, outros salvam vidas, outros fazem rir etc...
As Vezes e quase sempre, artistas são bancados pelos pais, tios, avós ou tutores, seja a profissão que escolher, mas em todas elas é necessário que aquele quem banca a profissão, tenha confiança no artista pródigo , pois logo que aprender criará asas e poderá criar seu fundo para sobreviver.

A cultura é vista como um hobie, um lazer, no entanto não vêem que os professores  são estudados em sua linguágem artistica cultural, levam anos para adquirir tal performace, leva mais tempo ainda para adiquirir didática de aprendizagem , pois  sempre estamos, e graças a Deus, plantando e colhendo boas pessoas que em um dia mais a frente, plantará da mesma forma que plantamos para colher mais e mais jovens.
Assim a as Linguagens artisticas culturais, toma a frente para criar uma juventude saudável, mais humana, com menos visões daquelas de um “dependente químico” já em um estado avançado, não consegue retornar a sua vida anterior. Já os artistas são dependentes sim, da cultura e digo, isso não influencia ninguém no trabalho, emprego, aliás ajuda a  manter no emprego! Mas não se decepcione se teu filho escolher ser artista, este é o seu único vício...
Minha família teve bons e ótimos musicos, alguns veteranos ainda estão entre nós, alguuns não conseguem mais tocar(devido a doenças), e outros fazem da música seu legado... Eu ensino aqueles que tiveram o gosto pela música, mas não somente a música eu propus  e empurrei, já que era o que entendia melhor. Primos, sobrinhos, filhos e irmãos foram influenciados pelo teatro, circo, trapézio, música.
Dá-se para tirar uma comparação que, um artista daria para ser um ótimo professor, mas o professor não daria para ser um ótimo artista, mas sempre há exceções .
O finado Gonzaguinha, deixou algumas letras muito positivas para essa rapazeada e dito:

Eu Acredito é na Rapazeada http://letras.mus.br/gonzaguinha/1134707/ 


algumas de superação

O Homem Também Chora(Guerreiro Menino)  http://letras.mus.br/gonzaguinha/250255/



E  hão pessoas que largam seus sonhos, esquecem até que tiveram um dia um sonho como tal para dar comida na mesa. Deu a história de uma pessoa(verídica) de um salto para o abismo e no final ri da multidão executiva, quando gritam, pula e morre seu otário. Deu um puxão de orelha dizendo que somos apenas pessoas, somos gente, que temos um só coração, seja qual for a profissão!
tem muito mais de onde veio essas... Gonzaguinha frizou muito a Linguagem artística Cultural, frizou também que

Assim, seja qual seja sua profissão, somos artistas e equilibristas da Fé.

Tem muito que ser feito pela cutura. Disseram, não sei quem, que a Cultura NÃO PRECISA DE VERBA

Conforme as fotos com mais qualidades vão chegando eu vou exibindo:




 


Nenhum comentário:

Postar um comentário