quinta-feira, 9 de maio de 2013

Insentivo, ouvir e atender os cidadãos... Eu do Grupo FACA dou valor


Por que eu escrevi, coloquei na Internet histórias de Bandinhas? Porque ninguém quis mexer em cacho de marimbondo.
Mostrei épocas que tínhamos prestigio e fama nacional quanto internacional. Mostrei que éramos acolhidos pelas Diretorias e Secretarias de Cultura e isso é registro tanto no Livro de Patrimônios da Cidade de SBC quanto na Memória Musical de São Bernardo do Campo.
Por que há essa poda drástica das nossas Bandinhas, isso meus amigos é porque não conto aqui o numero exato de Fanfarras(só percussão sem melodia, apenas rítmica) e Bandas Marciais(compostas de instrumentos de percussão, alguns com melodia como a Marimba e trombetas(cornetas, cornetões de diversas afinações)).
Um desfile cívico como o que está para vir ( aniversário de São Bernardo do Campo) poderia ser abrilhantada, mas o que vi e observei o ano passado é que, as ruas estavam vazias e irão estar mais ainda se não fizer algo.
Escolas como o EE Clarice MC tem um arsenal de instrumentos , porém, não os usa. Fui o primeiro e único instrutor daquela escola em meados de 2001, depois foi abandonada. Mas esta escola é Estadual, a diretora disse que não queria arranjar sarna para se coçar, então eu deixei.
Hoje além de mostrar a memória musical, quero dizer que vou lutar por fanfarras, salas de interesse musical(nem que seja com uma flauta doce) instrumental para Associações de Amigos dos Bairros, Associações do tipo Comunitária Nossa Terra, que engloba algumas Vilas e Jardins, as vezes um Bairro inteiro.
Parece que  músicos das antigas acordaram, observam e botam a mão na cabeça, pois é complexo enfiar na cabeça de uma criança que adora vídeo games, computador e celular, perder alguns minutos para conhecer o que é tocar.
Nem vale a pena fazer a observação dos filhos dos filhos das drogas, da repugnância da cracolândia (cada cidade tem a sua)... me diga pai ou mãe, vocês querem ver teus filhos nas drogas? Claro que não!
Falei sobre as Bandinhas, mas não são só as Bandinhas que salvam a vida deste desagrado, qualquer oficina, musical, teatro, palhaços, foto, dança, vídeo, tira seu filho dessa... como eu sei? Minhas filhas fizeram teatro, meus sobrinhos fizeram teatro, um música, e outro está iniciando musica e canto(tem 5 anos e já toca teclado) em Sorocaba... todos os meus ex alunos da Fanfarra, nenhum entrou no mundo das drogas.
Pessoas com limites ou necessidades especiais... não duvide, pois ele podem surpreender vocês, faça de tudo para colocá-los em uma unidade.
E vamos a frase de meu velho amigo Bocato: Larga essa televisãozinha , para de mexer nesse celular, toque muito, faça sua música, seu estilo. Meu sapato é branco e é como o suingue do Mestre Pixinguinha, vamo bora , vem pra cá, vamos tocar!!! (infelizmente Bocato, não existem mais pessoas tão animo ao seu, são poucas)... Isso não termina aqui, eu garanto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário