quinta-feira, 15 de março de 2012

Só rumores, CLM de verdade não voltou

O Centro Livre de Musica, um espaço adquirido e voltado a músicos, ficou um ano sem atividades, agora volta com uma estratégia barata e é o que não tinhamos anteriormente.
Enquanto na CLM ( Centro Livre de Musica ) havia aulas de Teoria Músical (harmonia, melodia, ritmo, história da música) aulas de saxofone, clarinete, flautas doce e transversal, bateria, violão, trumpet, trombone, guitarra, baixo, piano,  percussão todos com mestres ótimos, em outras unidades como no teatro Elis Regina eram dados aulas de violáo, canto, acordeon, viola caipira... Em verdade, no CLM era dado o maior conteúdo de artes musicais.
Além do CLM ser o aconchego e casa da Banda Sinfônica Municipal de São Bernardo do Campo que hoje morre por falta de apoio do próprio município... A Banda tem muitos se aposentando, são anos e anos de trabalho para o município, hora de ter uma reforma, mas não acabar com ela...Eu tocaria com a banda...
Em fim , retiraram os órgãos musicais que tinham nos teatros espalhados pela cidade, e colocaram no CLM, fazendo ela funcionar, mas não como deveria.... tem música? tem... mas não como antigamente , pois sem Teoria Músical (harmonia, melodia, ritmo, história da música) aulas de saxofone, clarinete, flautas doce e transversal, bateria, violão, trumpet, trombone, guitarra, baixo, piano,  percussão, não é a CLM voltando.
Sr Secretário da Cultura, se não for abrir o CLM aqui no Teatro Martins Pena, abra-o logo em um outro local.
Informaram-me que muitos São-bernadenses reclamavam do espaço que o Martins Pena nos proporcionava... absurdo comparar o CLM com uma Fundação das Artes de São Caetano do Sul, pois não o é... pode devagar dar a mesma consistência que a FASCS, mas é para mais distante a longo prazo.
Sr Secretario da Cultura, vc cedeu este espaço que era para os músicos sérios e centralizou as artes musicais que estavam em outros locais no CLM, mas ainda fica a falta e descaso, não para os que estavam estudando nos outros pontos, mas para os músicos que estavam lá no CLM.


Musica é uma das mais belas artes que existe, a mais sublime assim disse Chico Xavier e hoje vi uma moça que na mesa estava fazendo a matricula para violão quando o seu celular tocou e ela disse ao telefone " Estou fazendo matricula para violão... necessito em minha vida mais de cultura, artes do que uma terapia, por esse motivo estou fazendo matrícula"

Quero saber onde estão os 22 milhões destinados a cultura SR Frank Aguiar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário