sexta-feira, 18 de março de 2011

Secretário de Cultura garante em Brasília cerca de R$ 22 milhões em investimentos

 Ana Carolina Martins
da redação


Durante visita a Brasília na última terça-feira (15/3), o secretário de Cultura e vice-prefeito de São Bernardo do Campo garantiu investimentos de aproximadamente R$ 22 milhões para quatros projetos culturais do município: Museu do Trabalho e do Trabalhador, Agentes de Leitura, Escola de Cinema e para a reforma do Centro Cultural do bairro Paulicéia. Apesar do repasse dos recursos a cidade já estar previsto, os detalhes do acordo foram acertados durante reunião com a ministra de Cultura, Ana de Hollanda. No encontro também estiveram presentes o deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho, e o secretário-adjunto da Secretaria de Cultura.

"Não fui pedir nada novo, pois estamos há menos de dois anos do fim do governo e temos que executar o que estava em andamento na cidade. A visita foi muito proveitosa e objetiva, já que a ministra priorizou quatro dos oito projetos que levei e que estavam assinados com o Governo Federal. Eu e todos os funcionários queremos mudar a Cultura do nosso município, que é muito diversificada em São Bernardo", disse o vice-prefeito, que está à frente da Secretaria de Cultura há três dias. Durante a visita à capital, o secretário também pediu emendas em favor da cidade para senadores e deputados.

Entre os projetos que terão financiamento está o Museu do Trabalho e do Trabalhador, espaço dedicado à história das relações trabalhistas da cidade e região, a ser construído no local do antigo prédio do Mercado Municipal, desativado desde 2004. O investimento total na obra será em torno de R$ 18 milhões, dos quais R$ 14,4 milhões serão verbas do Governo Federal e o restante, contrapartida da Prefeitura. De acordo com o secretário, a ministra de Cultura irá se empenhar para iniciar o pagamento nos próximos dias.

O secretário de Cultura também pretende alugar um prédio para a Escola de Cinema - outro dos projetos beneficiados com recursos - até que os antigos Estúdios Vera Cruz sejam revitalizados. "Com a verba de R$ 5 milhões garantida pelo Ministério da Cultura, dos quais faltam R$ 2,5 milhões, será possível comprar equipamentos e contratar pessoas para iniciar as aulas ainda no primeiro semestre e ele poderá passar a atender até 100 pessoas", afirmou.

O Centro Cultural do bairro Paulicéia, que está deteriorado, também passará por reformas com investimentos de R$ 3,7 milhões do Governo Federal mais contrapartida da cidade.

Há ainda o programa Agentes de Leitura, que tem como objetivo oferecer às famílias do município atividades como contação de histórias, rodas de leitura e empréstimos de livros. A inauguração deverá ocorrer em abril com a presença da ministra, Ana de Hollanda, que confirmou o pagamento da última parcela de investimento de R$ 1,2 milhão ao projeto. Serão contratados cerca de 200 jovens com uma bolsa no valor de R$ 350


Direitos autorais de www.saobernardo.sp.gov.br

3 comentários:

  1. Eu participei deste encontro tambem como assessor do Vicentinho ,cabe ressalvar que o encontro foi marcado pelo Vicentinho e o Secretário foi lá a convite do Vicente ,acho bom frisar isto

    ResponderExcluir
  2. Aliás meu nome é Damásio eafaço parte da Comissaão Paulista dos Pontos de Cultura ,Vicentinho pediu a Ministra urgencia no pagamento dos Ediatais em atraso para os Pontos de Cultura

    ResponderExcluir
  3. Anonimo, Damasio...

    As Perguntas são: Em quais setores vão aquela verba? Será que irão, uma parte, para o Teatro Prcópio Ferreira, em se tratando das Bandas Musicais, Bandas Marciais, e Fanfarras, aquela verba terá um destino? A Funarte... Qual o papel dela?

    Não sou político, mas adoro política e teria a coragem de enfrentar os palcos da câmara
    Tenho grande conhecimento de toda história da memória musical de São Bernardo do Campo.

    Veja só Damásio, não participei e não sou assessor, mas conheço galho ou folha que cai, desta arvore que se chama cultura... Pontos...Serei o primeiro a ver.
    Em fim, termino dizendo ou perguntando, as obras são quais? onde ? Bandas? Oficinas Culturais Conjunto Vera Cruz e Orquesta...

    Você acredita que em SBC a Funarte aplicou apenas 28 ajudas, não sabendo em que gênero foi? #reflita

    ResponderExcluir