domingo, 9 de janeiro de 2011

Do carinha que apanhou na Paulista e o que ganhamos com a briga travada na internet

Não podemos abaixar a cabeça, isto é um ato de covardia. Este Músico estava tocando próximo ao Sesc, na noite paulistana, quando parei e ouvi seu gênero. Ele tocava com uma guitarra e uma caixinha ligada nem sei onde, mas o som era de primeiríssima qualidade... Eu como saxofonista , estava naquele instante sem o meu, pois havia sido convidado para um show , mas confesso que perdi bom tempo ouvindo o guitarrista(não sei perdi, ou se ganhei, essa é a verdade).
Ainda somos tratados como indigentes e vagabundos, pois quem faz artes(músico, teatrólogo,cineastra, pintor,dançarino etc etc, não é considerado pela grande sociedade uma profissão. Somos marginalizados pelo governo agora nessa ação... Como músico e lutador para a informação, digo, essa é só uma das fotos, existem centenas delas.

Sou um dos músicos dos milhares que existem, sou um dos lutadores , sou Sambernadense 

Mozart Faggi 

Eu escrevi isso por volta de 2011, hoje em 2013 pelo menos podemos passar o chapéu, palhaços, teatrólogos , musicos, malabaristas fazem seu show de menos de 30seg em faróis para tentar mostrar que a cultura está aqui, se gostou deposite, acredite na cultura, e por isso passo o chapéu e agardeço!

2 comentários:

  1. Quando um muro separa
    Uma ponte une

    Se a paz eh sua
    Outro dia eh nos

    ResponderExcluir
  2. O muro caiu olha a ponte
    Da liberdade Guardian

    Olha AIH

    VC me prende vivo
    Eu escapo morto

    De repente
    Olha eu de novo

    Exigindo a paz
    E pedindo o troco

    Olha ai.

    ResponderExcluir